Skip to main content

Um revelação inédita de Rafael Nadal

Número dois mundial escondeu um problema físico desde o início da partida.

de Rui Sousa

julho 3, 2020

A final de Wimbledon de 2008 ficou eternizada como uma das melhores partidas de tênis de sempre. Roger Federer vinha de uma série de cinco vitórias consecutivas na grama do All England Club, mas um super Nadal acabaria por vingar as duas finais consecutivas perdidas para o suíço em anos anteriores. 

Mais de 12 anos depois, e num período em que deveria estar sendo disputado o quadro principal do torneio londrino, ainda vão sendo conhecidas algumas histórias paralelas e essa emocionante partida que se alongou por cinco sets, com o parcial final de 9-7 favorável ao espanhol. Tudo isto em 4h48 minutos.

A mais recente revelação veio do próprio Nadal, que numa entrevista à Movistar garantiu que foi obrigado a jogar infiltrado desde o primeiro minuto do encontro devido a problemas no pé esquerdo.

Nunca contei isto, mas tive que jogar com anestesia no pé desde o primeiro minuto. Na verdade não foi só nesse encontro, mas em passados também. As paragens no jogo complicaram a situação, pois o efeito tem uma duração limitada e não conseguia jogar sem anestesia. Praticamente não treinava a estava nervoso por não saber quanto tempo o efeito iria durar

Rafael Nadal

Federer rezava para se manter vivo

Não foi só do lado do espanhol que se ficou a saber algo mais sobre essa final. Em recente entrevista, Roger Federer foi convidado a falar sobre as emoções dessa partida, que para ele, acabou por não ter um final feliz.

Pensava para mim: por favor, você não pode perder! Vai para o quinto set e tenta manter sua chance. Você pode acabar por vencer o jogo!

Roger Federer

O suíço acabou por cair no quinto set, mas nem por isso deixa de ter as melhores recordações dessa partida. “Para mim foi também um momento de orgulho, pois tinha acabado de ser protagonista em uma das partidas históricas do tênis”, disse.

LEIA AQUI mais artigos sobre tênis

Written By,

de Rui Sousa