Skip to main content

Top 5 | De ídolos a técnicos

5 ex-jogadores que retornaram aos clubes com a função de treinador

de Flávia Rodrigues

agosto 11, 2020

No último fim de semana, o ex-jogador Andrea Pirlo foi anunciado como o novo treinador da Juventus. Conhecido como “Maestro” na época em que defendia as cores da Velha Senhora e do rival Milan, o ex-meia alcançou o status de ídolo consagrado nos dois clubes. No entanto, agora, irá orquestrar a Juve à beira do campo.

Mas, não é de hoje, a história no futebol de um ídolo que retorna como técnico ao clube em que brilhou na carreira de jogador. Abaixo, selecionamos um Top 5 de ex-craques que vestiram a responsabilidade de comandar as equipes fora do gramado também.

Confira!

Pirlo – Juventus

Após 5 anos, o “Maestro” volta a Turim. Pirlo jogou pela Juventus entre as temporadas de 2011 a 2015, quando se transferiu para o New York City FC para encerrar sua carreira, em 2017. Verdadeiro líder em campo, o italiano ganhou fama com sua técnica impecável tanto nos clubes pelos quais passou quanto a serviço da Seleção do seu país. Foram 164 partidas e 19 gols, que somaram 7 títulos na Juve. Um belo currículo para o novo comandante de Cristiano Ronaldo e cia.

Top 5 | De ídolos a técnicos
Andrea Pirlo na Juventus (Daniele Badolato – Juventus FC/Juventus FC via Getty Images)

Zidane – Real Madrid

Uma das peças-chave do Real Madrid no início dos anos 2000, Zinedine Zidane dá continuidade à trilha vitoriosa e foi além no comando do time Merengue. Se na época de jogador, ele conquistou o Mundial de Clubes, a Liga dos Campeões, Supercopa da UEFA, La Liga e Supercopa da Espanha, na lista de títulos como técnico estão 2 Mundiais de Clube, 3 Ligas dos Campeões, 2 Supercopas da UEFA, 2 La Ligas e 2 Supercopas da Espanha. Desde 2016 à frente da equipe principal, Zizou é referência no futebol mundial.

Top 5 | De ídolos a técnicos
Zinedine Zidane no Real Madrid

Guardiola – Barcelona

Guardiola soma mais títulos no Barcelona do que muitos clubes de futebol pelo mundo. Da época de jogador até o período que comandou a equipe catalã, são 30 títulos entre Mundiais de Clube, Liga dos Campeões La Liga, entre outros. O espanhol defendeu as cores do Barça entre 1990 e 2001 como atleta. Mas, retornou para o cargo de treinador e assumiu por 4 anos (2008-2012). Atualmente, comanda o Manchester City.

Top 5 | De ídolos a técnicos
Guardiola como técnico do Barcelona (David Ramos/Getty Images)

Renato Gaúcho – Grêmio

Ídolo na história do Grêmio, onde conquistou o Mundial de Clubes e a Libertadores, em 1983, Renato Gaúcho segue fazendo história no Tricolor Gaúcho. Copa do Brasil, Libertadores, Recopa Sul-Americana e mais outros 5 títulos já constam no histórico vitorioso de treinador. Aliás, não muito diferente do que também aconteceu com ele no Fluminense, em que foi destaque na época de jogador e na passagem como técnico, principalmente, em 2007, quando conquistou a Copa do Brasil.

Top 5 | De ídolos a técnicos
Renato Gaúcho no Grêmio

Rogério Ceni – São Paulo

Maior ídolo da história do São Paulo, Rogério Ceni é mito no Morumbi. Goleiro, líder e artilheiro, afinal, foram 129 gols marcados em 1214 partidas, além de inúmeros títulos pelo Tricolor. O ex-arqueiro retornou ao clube como técnico em 2016, mas não obteve o mesmo sucesso – 35 jogos e 14 vitórias. Entretanto, Ceni se destaca à frente do Fortaleza, desde 2018, ano em que conquistou a Série B do Brasileirão e a Copa do Nordeste. Em 2019, foi a vez de ganhar o Campeonato Cearense com o Tricolor de Aço.

Top 5 | De ídolos a técnicos
Rogério Ceni à frente do São Paulo (Alexandre Loureiro/Getty Images)

Confira mais notícias sobre Futebol aqui!

Written By,

de Flávia Rodrigues