Skip to main content

Que clubes têm capacidade para receber Messi?

Jogador argentino poderá sair do Barcelona nesta temporada

de Rui Sousa

agosto 24, 2020

Depois da humilhante derrota frente ao Bayern Munique, e de mais uma eliminação difícil de explicar na Liga dos Campeões, Lionel Messi provocou alerta em Barcelona. O argentino admite sair do clube caso não sejam feitas mudanças, sobretudo a criação de um elenco competitivo já na próxima temporada. Messi chegou mesmo a dizer que se vê mais fora do que dentro do Barcelona. A saída de Messi seria uma surpresa, ainda para mais porque nem todos os clubes estariam preparados para receber a estrela argentina, nem mesmo os mais ricos. Afinal, qual poderá ser o destino do melhor jogador do mundo caso decida deixar o Barcelona? Ou colocando a pergunta de outra forma: quem pode suportar os 71 milhões de euros que Messi recebe de salário no Barcelona?

Internazionale

O Inter vive dias positivos em Itália, recuperando progressivamente a imagem de um dos maiores clubes europeus. Depois de temporadas longe dos primeiros lugares e das competições europeias, 2020 foi um ano positivo para o Inter, apesar de ingrato. Ficou no segundo lugar do campeonato italiano e perdeu na final da Liga Europa. O time não conquistou títulos, mas deixou uma imagem de força e solidez. No último ano, o clube liderado pelo jovem empresário chinês de 29 anos Steven Zhang, voltou aos lucros financeiros e o modelo de negócio parece estar a surtir efeito. Craques como Lukaku, Eriksen ou Alexis Sanchez se juntaram ao elenco. Recentemente fontes do clube deixaram escapar que tinham 260 milhões preparados para oferecer a Messi um contrato de quatro anos.

Manchester City

Dinheiro não é problemapara o Manchester City. Com a fortuna do petróleo e da família real dos Emirados Árabes Unidos enchendo os cofres do clube, os investimentos milionários no agora vice-campeão inglês são constantes. Trazer Messi para o clube seria um “pequeno esforço” para o Sheik Mansour,que tem uma fortuna avaliada em mais de um trilhão de euros. No clube, Messi encontraria de novo Pep Guardiola, e o comapnheiro de seleção Sérgio Aguero. Além disso, um desafio na Premier League seria visto com bons olhos pelo craque do Barça.

Paris Saint-Germain

Se dinheiro não é problema para o Manchester City, também não é para Nasser Al-Khelaifi, dono do PSG. O CEO do Paris Saint-Germain é o líder do Qatar Sports Investments e a sua fortuna pode ser vista através do poderio financeiro desta organização. Trazer Messi para Paris seria certamente um sonho do dono do clube e dos milhares de torcedores em todo o mundo. Os parisienses já deram um sinal de que tudo é possível quando contrataram Neymar ao Barcelona por 222 milhões de euros. Admitindo que Messi poderá sair a custo zero já em junho de 2021, o PSG poderia usar uma quantia semelhante para pagar o salário do argentino e juntar o craque a Neymar e Mbappé. Estaríamos certamente diante do ataque mais demolidor do planeta.

LEIA AQUI mais notícias sobre futebol

Written By,

de Rui Sousa