Skip to main content

Liga dos Campeões: viradas inesquecíveis

Relembre algumas reviravoltas épicas no torneio mais disputado da Europa

de Flávia Rodrigues

agosto 14, 2020

Relembre um Top 5 de viradas espetaculares na maior competição entre clubes da Europa!

Liga dos Campeões 2004/2005: Milan x Liverpool 

Em 25/05/2005, o futebol viveu uma das noites mais épicas da história. O Liverpool tinha praticamente perdido o título já no 1º tempo. Afinal, o Milan goleava por 3×0. Porém, numa força descomunal, os Reds buscaram o empate após o intervalo e conquistou o pentacampeonato nos pênaltis.

Liga dos Campeões 1998-99: Bayern de Munique x Manchester United

A final da Champions, em 26/05/1999 é também inesquecível. Após 90 minutos, o Bayern de Munique seria o campeão, com o placar 1×0, que foi aberto aos 6 minutos do 1º tempo. Entretanto, uma reviravolta espetacular. Foram necessários, exatamente, 3 minutos de acréscimo para que o Manchester United marcasse 2 gols – o último feito por Solskjaer, atual técnico da equipe. Valeu a festa do bicampeonato dos Red Devils.  

Liga dos Campeões 2016-17: Barcelona x PSG

Mais uma das viradas sensacionais da Champions. O PSG goleou um Barcelona de Messi e Neymar em 2017, no jogo de ida das oitavas de final, por 4×0. O que ninguém previa era uma reviravolta do tamanho de um placar por 6×1 no Camp Nou. Com direito à noite de gala do craque brasileiro sobre seu atual clube: 2 gols e 1 assistência.

Liga dos Campeões 2018-19: Liverpool x Barcelona

O atual campeão da Liga dos Campeões também passou por uma virada histórica na campanha do seu hexacampeonato. Os Reds só chegaram à final após um goleada em Anfield de 4×0 no Barcelona de Messi. Origi e Wijnaldum comandaram a festa, com dois gols cada um. No jogo de ida, os ingleses haviam perdido por 3×0. Que jogo!

Liga dos Campeões 2015-16: Real Madrid x Wolfsburg

Nas quartas de finais, o Real Madrid começou em desvantagem, perdendo por 2×0 no jogo de ida para o Wolfsburg. No entanto, Cristiano Ronaldo foi mágico na partida de volta e não só fez um hat-trick, como levou a equipe às semifinais daquele ano, em que os espanhóis conquistaram o 11º título na Champions – o 1º com Zidane como treinador.

Confira mais notícias sobre Futebol aqui!

Written By,

de Flávia Rodrigues