Skip to main content

Kai Havertz: O nome que se segue no Chelsea

O Chelsea se prepara para avançar para mais um contratação sonante.

de Rui Sousa

julho 9, 2020

Depois de Hakim Ziyech e de Timo Werner, o Chelsea se prepara para voltar a agitar o mercado de transferências. O clube está na Alemanha à procura de garantir os serviços de um dos mais talentosos jogadores da Bundesliga. Falamos de Kai Havertz, estrela maior do Bayer Leverkusen e um dos mais talentosos meias da sua geração (21 anos). Para já, os londrinos gastaram nos dois referidos jogadores 93 milhões de euros. Agora, parece que Abramovich terá de desembolsar um valor semelhante só para garantir o meia alemão, que terá à sua espera um salário a rondar o 7 milhões de euros por ano para jogar na Premier League.

Um talento raro

Depois de uma campanha brilhante na temporada passada, o meia alemão repetiu o nível exibicional em 2019/20. A sua qualidade é já uma certeza. O jovem formado no Bayer Leverkusen é o jogador mais novo a fazer 50 partidas no campeonato alemão (18 anos) e se destaca pela grande capacidade de fazer gols. Na temporada passada, foram 20 e na que termina agora foram 17: marcas impressionantes para um meia que joga numa das ligas mais competitivas do mundo.

A juntar a isso tudo, soma uma habilidade pouco comum para jogar com os dois pés. Além de gols, fez nove assistências ao longo da temporada. Argumentos mais do que suficientes para convencer Frank Lampard e Abramovich a cometerem uma pequena loucura. Real Madrid e Bayern Munique são outros interessados.

Chelsea disposto a vender

O Chelsea é um clube rico. Mas, até para os ricos pensar em contratar um jogador de 90 milhões de euros exige alguma ginástica financeira. Os londrinos sabem que, caso a contratação de Kai Havertz avance, deverá ter que vender alguns dos seus ativos para equilibrar as contas.

Neste momento, os Blues têm na folha de despesas 93 milhões de euros. Conseguem minimizar em muito esse gasto com as vendas de Álvaro Morata (Atlético de Madrid), Mario Pasalic (Atalanta) e de Nathan (Atlético MG), lucrando com isso cerca de 74 milhões.

O Chelsea estaria mesmo disposto a vender seis jogadores para encontrar viabilidade financeira para comprar o alemão. Michy Batshuayi, Marcos Alonso, Danny Drinkwater, Tiemoue Bakayoko, Kenedy e Emerson Palmieri podem estar de saída do clube londrino.

LEIA AQUI mais artigos sobre futebol

Written By,

de Rui Sousa