Skip to main content

Cristiano Ronaldo: A carreira, os títulos e a família

Craque português continua a colecionar títulos, agora com a camisa da Juventus

de Rui Sousa

agosto 5, 2020

Aos 35 anos, Cristiano Ronaldo se encaminha para as últimas temporadas como profissional de futebol, mas, nem assim, o craque português demonstra querer abrandar. A longevidade de Cristiano ao mais alto nível é uma das imagens de marca do português, que continua a ser determinante pelos gols e assistências, além de continuar a ganhar título após título.

Uma base familiar sólida, um cuidado extremo com o corpo e uma dedicação fora do comum são a base do sucesso do português e das estatísticas impressionante desde que iniciou o seu percurso no Sporting.

Números e estatísticas

Falar da carreira de Cristiano Ronaldo sem falar de números ou estatísticas é impossível. Porque é nos números que o craque português impressiona verdadeiramente. CR7 é uma máquina de fazer gols e vai deixando o seu nome gravado a letras de ouro pelos clubes por onde passa. Deixando o Sporting de lado, de onde o português saiu ainda muito novo para o Manchester United após uma temporada no time principal, os números impressionam.

Manchester United

Em Manchester, sob as ordens de Alex Ferguson e tendo como tutores craques como Giggs, Scholes ou Ferdinand, Cristiano Ronaldo se tornou num jogador de nível mundial. No início dos anos nos Red Devils era um driblador nato. Um jogador que os ingleses estavam pouco habituados a idolatrar. Com o passar do tempo, a irreverência e o virtuosismo aliaram-se à eficácia e, então, vieram muitos gols e muitos títulos. Seis temporadas em Old Trafford, 292 partidas, 118 gols e 69 assistências. Entre troféus coletivos, se destacam uma Champions League, um Mundial de Clubes, três Premier League, uma Copa da Inglaterra, uma Copa da Liga e 3 Supercopas.

A nível individual, destaque para a primeira Bola de Ouro (2008) e para o prêmio de melhor do ano na Inglaterra em 2006/07 e 2007/08. Saiu para o Real Madrid como ídolo da torcida e como jogador mais caro de sempre (na época).

Real Madrid

Mais que números ou palavras é importante entender isto: Cristiano Ronaldo esteve nove temporadas em Madrid e é, de longe, o melhor artilheiro do clube. O português fez nada menos do que 451 gols pelos Blancos, em 438 partidas. Uma média superior a um gol por partida. Para se ter uma ideia, Raul esteve 16 anos no Real para marcar 323 gols, fechando o seu ciclo com mais 303 encontros do que CR7. Resumindo: mais seis anos no clube, mais 303 jogos e menos 128 gols.

Porque nem só de gols se faz o futebol, Cristiano saiu de Madrid com quatro Champions League, três mundiais, três Supercopas da Europa, dois campeonatos e, claro, mais quatro Bolas de Ouro. E, ficamos por aqui.

Juventus

A transferência de Ronaldo para a Juventus pode ter apanhado muitos de surpresa, pois se pensavam que o português iria à procura da diminuição de ritmo na Itália e iniciar um processo gradual de descompressão. Puro engano! A ambição de CR7 continua alta e o português continua a somar título atrás de título, batendo também alguns recordes individuais pelo caminho.

Entre façanhas, como marcar em 11 encontros consecutivos e em se tornar o primeiro jogador a marcar 50 vezes na Serie A, La Liga e Premier League, Ronaldo e a Juve acumulam troféus na Itália, ao mesmo tempo que procuram a tão desejada glória europeia. Irá Cristiano liderar os italianos à desejada conquista da Champions? Para já, na Juve, CR7 leva 88 encontros, 63 gols e 18 assistências. Brigou pela Chuteira de Ouro até ao fim em 2019/20 e é responsável por mais de metade dos gols do time na temporada.

Portugal

O melhor futebolista da história de Portugal é, naturalmente, o melhor marcador também da seleção portuguesa. Com Ronaldo em destaque, Portugal chegou finalmente a um grande título internacional: o Euro 2016. Mais tarde, já em 2019, voltaria a vencer a primeira edição da Liga das Nações da UEFA. Com a camisa da seleção, Cristiano leva 99 gols e persegue o lugar de maior artilheiro em seleções. Ali Dael, do Irã, está apenas a 10 gols e será mesmo apenas uma questão de tempo até CR7 lá chegar.

Família e vida pessoal

Um dos pilares da estabilidade emocional de Cristiano Ronaldo vem muito do núcleo duro e fechado que circunda o jogador. Ronaldo é inseparável da sua família. Mãe, irmãs e cunhado são uma presença constante ao lado do jogador nos momentos mais importantes, tal como o é também Jorge Mendes, o seu empresário, conselheiro no mundo do futebol. Um verdadeiro pai para Ronaldo.

Georgina, Cristiano Ronaldo e Dolores Aveiro
Georgina, Cristiano Ronaldo e Dolores Aveiro

Como todas as superestrelas, entre certezas e boatos, é público que Ronaldo colecionou relacionamentos com supermodelos e celebridades ao redor do mundo. Em 2010, surpreendeu o mundo ao anunciar Cristianinho, o seu primeiro filho, fruto de uma barriga de aluguel – sabe-se hoje, nos Estados Unidos. Mais tarde, viria a repetir o processo com os gêmeos Eva e Mateo.

Atualmente, Ronaldo vive com a modelo argentina Georgina Rodríguez, uma relação que começou ainda nos tempos do Real Madrid. Da relação com a argentina, Ronaldo tem uma filha: Alana. É único dos quatro filhos de Ronaldo registado como portuguesa, já que os restantes têm nacionalidade norte-americana.

Além do lado familiar, o já bilionário jogador é também um admirador de produtos de luxo e exclusivos. Os carros são provavelmente o lado mais visível dessa paixão. Cristiano tem muitos e para todos os gostos e não se inibe para os mostrar. Jatos privados, relógios, jóias, casas de sonho e mais recentemente um iate são outros dos bens na posse de Cristiano.

View this post on Instagram

You choose the view 😉😅

A post shared by Cristiano Ronaldo (@cristiano) on

LEIA AQUI mais artigos sobre futebol

Written By,

de Rui Sousa