Skip to main content

Cléber: da Marinha à consagração no bi do Ceará na Copa do Nordeste

Atacante foi a estrela das finais do Vozão na “Lampions League”

de Flávia Rodrigues

agosto 5, 2020

Cléber foi eleito “o cara” da final da Copa do Nordeste. Mais do que isso, ele foi herói nas duas partidas finais do torneio e foi autor do gol que sacramentou o bicampeonato invicto do Ceará, após derrotar o Bahia na terça-feira (4), por 1×0.

No entanto, apesar de Cléber ser protagonista da campanha do Vozão nesta retomada do futebol, pouca gente conhece e muito menos sabe a história do atacante de 23 anos, que é jogador profissional somente desde 2017.

Cléber: herói do Ceará na Copa do Nordeste

Cléber foi criado na favela, realidade da maioria dos jovens jogadores de futebol ao redor do país, e há 5 anos estava servindo à Marinha do Brasil. Entretanto, para o goleador com 1,95m enfatiza que a época foi importante para a profissão de jogador de futebol, segundo entrevista ao site Diário do Nordeste:

Vim da favela, sou humilde e estou lutando para poder ajudar meu irmão, minha mãe, meu pai e todos da minha família da melhor forma. Vou encarando como se fosse a oportunidade da minha vida. Eu tive que servir à Marinha do Brasil por um ano, assim que fiz 18 anos. Hoje, vejo que foi algo que me ajudou muito na questão de disciplina, hierarquia. Eu fazia esportes, até joguei pela seleção da Marinha.

Cléber, atacante do Ceará

Passado o tempo de serviço militar obrigatório, Cléber saiu das Forças Armadas direto para os gramados. Os primeiros passos profissionais foram no cearense Icasa. De lá pra cá, passou por mais 6 equipes até chegar ao Barbalha, onde foi campeão da Série B do Cearense este ano. A partir dali sua sorte mudou.

Mas, foi a partir de março que a vida profissional de Cléber começou a dar uma guinada definitivamente. O Ceará o contratou e com a retomada do futebol após a paralisação,  o centroavante vem se destacando a cada partida.

Principalmente, após o último sábado (1º), quando teve a missão de substituir Rafael Sóbis no ataque do Vozão em pleno primeiro jogo da final da Copa do Nordeste. Ele foi lá e fez. Marcou seu primeiro gol pelo clube, logo o de virada que contribuiu para a vitória do Ceará (3×1) sobre o Bahia.

Todos os jogos disputados de Cléber defendendo as cores do Ceará foram válidos pela Copa do Nordeste. Foram 5 jogos invictos, 2 gols e um título. A consagração veio na segunda partida da final. Dono do único gol marcado, o camisa 89 começa a escrever um capítulo brilhante na sua recente carreira, sem dúvida.

Confira mais notícias sobre Futebol aqui!

Written By,

de Flávia Rodrigues