Skip to main content

A nova torcida brasileira em época de estádios com portões fechados

Como clubes podem diminuir a distância entre torcida e estádio?

de Flávia Rodrigues

julho 15, 2020

A bola volta a rolar pelo Brasil. Assim como aconteceu ao redor do mundo, as competições de futebol estão recomeçando no país. Apesar de ainda vivermos números alarmantes de contágio e mortes causadas pela Covid-19, autoridades governamentais e entidades do esporte concordaram com o retorno do futebol brasileiro. Mas, para isso acontecer, normas de seguranças são seguidas à risca, sendo a ausência da torcida uma das principais delas. 

A lista dos estaduais que voltaram à ação não para de crescer. Aliás, o Campeonato Carioca chega a sua final nesta quarta-feira (15). Paulista, Catarinense, Gaúcho, Cearenseo torcedor brasileiro começa a matar saudades do seu esporte favorito. Entretanto, de um jeito diferente. Sem poder contar com o “12º jogador” nas arquibancadas, os clubes precisam ser criativos para diminuir a distância entre torcida e times. 

No Brasil, apenas Corinthians propôs projeto junto à torcida

Seguindo exemplos utilizados em outros países, apenas o Corinthians sinalizou algum projeto para substituir a fiel torcida em seu estádio. “O Timão é a sua Casa” consiste na venda de espaços virtuais nas arquibancadas para torcedores. Há opções de escolha entre peça em acrílico nas cadeiras numeradas ou fotos em faixas, que simularão uma bandeira na arquibancada da Arena Corinthians. Os preços giram em torno de R$ 37,90 a R$ 299,90.

“Pensamos em lançar também um projeto de drive-in para os jogos, no estacionamento da Arena Corinthians. Mas, neste momento, achamos melhor esperar. Tudo ainda é muito incerto”

Caio Campos, gerente de Marketing do Timão

Ainda segundo o executivo, uma nova campanha poderá ser lançada, inspirada numa ação feita em março deste ano. Na época, o clube colocou o som da torcida nos alto falantes durante um jogo com portões fechados.

Com o intuito de também tentar fazer com que a torcida consiga influenciar na atmosfera dentro de campo, estratégias como o uso de segunda tela estão sendo analisadas. Através do meio digital, poderá haver uma interação e, assim sendo, um maior envolvimento dos torcedores nas partidas.

Um terreno vasto e inexplorado. As ações relacionadas às torcidas no pós-pandemia podem ser um prato cheio até mesmo para patrocinadores, que poderão trabalhar suas marcas de múltiplas formas. E, mais que isso, os clubes podem levar uma nova experiência aos torcedores, bem além das quatro linhas.

Confira mais notícias sobre Futebol aqui!

Written By,

de Flávia Rodrigues