Skip to main content

O computador que vence os melhores do mundo do poker

Fique a conhecer o computador que venceu os melhores jogadores de poker do mundo

de Rui Sousa

junho 15, 2020

Que o poker é um dos jogos de cassino mais populares do mundo já não é uma novidade. Simples de jogar, com poucas regras capazes de serem aprendidas rapidamente, a popularidade deste jogo fica evidente nos milhões de jogadores amadores e profissionais espalhados por todo o mundo. Com a evolução do jogo (inclusive para os cassinos virtuais), veio também o avanço da inteligência artificial a ele associado. Máquinas capazes de igualar as capacidades humanas ao ponto de conseguirem derrotar alguns dos melhores jogadores do mundo. Fique sabendo como!

A inteligência artificial que joga poker

A introdução de inteligência artificial em jogos é uma prática já antiga. Em 1994, um computador venceu a campeã mundial de Dama, Marion Tinsley. Mais tarde, em 1997, uma máquina da IBM derrotou o campeão mundial de xadrez Garry Kasparov. Outros softwares já venceram inclusive jogos de televisão, mas nunca tinha sido testado no poker, por quê? Além de nunca saber qual a seguinte carta, o sistema teria de dominar uma arte essencial no jogo: aprender a mentir e a não ser previsível. Isto, claro, além de dominar as milhares de possibilidades de mãos que são possíveis no jogo.

A máquina que ganha

Antes de se chegar a uma versão praticamente perfeita, existiu um bot chamado Libratus. Ao longo dos anos, este computador foi aperfeiçoando a capacidade de antecipar jogadas, tomar decisões e, claro, a fazer bluf. Aprendeu a fazer jogadas para enganar os outros competidores utilizando padrões de jogadas.

Com o apoio da Universidade de Carnegie e com a divisão de inteligência artificial do Facebook, a versão final da máquina foi lançada. Nasceu o Pluribus. Foi esta a versão que venceu a maratona de 12 dias de Texas Hold´em frente a alguns dos melhores do mundo.

A recompensa

Bitcoins e dólares
Bitcoins e dólares

€50.000 em dinheiro virtual. Era este o prêmio que cada um dos 15 jogadores profissionais de poker que se habilitaram a desafiar o Pluribus. Entre os eleitos haviam vencedores de torneios no World Series of Poker, top-3 do mundo ou recordistas de títulos do World Poker Tour. Os seus nomes eram: Chris Ferguson, Linus Loeliger, Nick Petrangelo, Seth Davies, Darren Elias, Greg Merson, Dong Kim, Anthony Gregg, Jake Tooler, Jimmy Chou, Daniel McAulay, Trevor Savage, Jason Les, Michael Gagliano e Sean Ruane.

LEIA AQUI mais artigos sobre cassino

Written By,

de Rui Sousa