Skip to main content

Atraso do Benfica atrapalha ainda mais as finanças do Corinthians

Corinthians é o clube mais devedor da Série A

de Flávia Rodrigues

junho 23, 2020

Como se não bastasse o título de maior devedor da Série A na União, o Corinthians agora lida com mais uma complicação em suas finanças. O Benfica atrasou o pagamento da primeira parcela referente à compra de Pedrinho e, com isso, o Timão terá que aguardar por mais um tempo para ver cair algo em torno de € 20 milhões na conta – cerca de R$ 110 milhões.

Desde o início de junho, o Corinthians aguarda ansiosamente pela verba. Entretanto, esta não é a primeira vez que o Benfica adia o pagamento. Inicialmente, o clube português alegou a pandemia mundial de Covid-19. Depois, condicionou o pagamento mediante a presença do atacante em Portugal.

Porém, Pedrinho só está autorizado a embarcar a partir de 30 de junho – sem data definida ainda. Então, até lá, o Parque São Jorge não verá a cor do dinheiro. Além do mais, o Benfica, talvez, também pode estar passando por dificuldades financeiras e ainda vive um dos momentos mais decisivos na Liga NOS, o Campeonato Português, que termina em 25 de julho.

Atraso do Benfica atrapalha ainda mais as finanças do Corinthians
Andres Sanches, presidente do Corinthians, precisa antecipar valor total da venda de Pedrinho para ajudar no fluxo de caixa do clube (Eduardo Anizelli/LatinContent via Getty Images)

Corinthians irá tentar antecipar valor total em banco

Ou seja, tudo leva a crer que não há pressa por parte do clube português em realizar tal pagamento. E, para isso, o Corinthians tenta encontrar um jeito de equilibrar suas contas. Uma das alternativas seria solicitar a antecipação do valor a um banco de Luxemburgo.

Desta forma, ao invés de receber o total do dinheiro ao longo de 4 anos conforme combinado com o Benfica, o time paulista solicitaria a grana imediatamente ao banco. Entretanto, assim, o banco ainda ficará com um pedaço dos recebíveis por antecipar o total. Fora os 30% dos direitos econômicos que serão repassados ao empresário de Pedrinho.

Dívida do Timão quadruplica em 6 meses

A prioridade é quitar os dois meses de salários do time principal do Corinthians. A dívida gira em torno de R$ 20 milhões ao todo. De acordo com o blog do Nicola, seria pouco mais de R$ 12 milhões de abril e R$ 9,5 de junho – já com a redução de 25% devido à pandemia.

Atualmente, o Corinthians é dono da maior dívida com a União entre todos os clubes da Série A. São R$ 130 milhões no total, segundo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. No entanto, antes da Covid-19 e paralisação do futebol, o valor correspondia a R$ 32 milhões. Seu débito quadruplicou nos últimos 6 meses.

Confira mais notícias sobre Futebol aqui!

Written By,

de Flávia Rodrigues